Notícias

Saiba quais são os Rides preferidos dos artistas Zildjian® Brasil.
23/08/2017

Como você escolhe o prato de condução perfeito para suas performances ao vivo? Pode parecer apenas um detalhe, mas é uma dúvida muito comum entre os bateristas que buscam sucesso na execução de uma música.

Além de indispensável em qualquer drum-kit, o Ride enriquece o groove de uma música em suas partes, refrões ou solos. Sua combinação entre as batidas de bumbo, caixa e acentuação de pé na máquina de chimbal cria a base perfeita na atmosfera musical, oferecendo infinitas possibilidades aos bateristas. Para ajudá-lo a escolher o seu prato de condução ideal, perguntamos aos nossos artistas Zildjian® Brasil a fim de buscar informações sobre seus Rides favoritos e as razões de suas preferências. Vejam o que eles disseram...

Junior Vargas - Sideman

Como meu trabalho muitas vezes é acompanhar artistas em shows e gravações de diversos estilos musicais, tenho vários Rides. Sempre uso um Ride ou até dois por set-up. Gosto de Rides com projeção, Ping controlado e um som de baqueta quente.  Uso Rides tanto pra conduzir um groove ou pra ataque, ele precisa ficar sempre em evidência no meu som. Minhas preferências de Rides são da série K Custom / Kerope / A Zildjian.

Williams Mello - Sideman

A escolha do prato de condução é algo super importante! Na verdade, acredito eu, que junto com o HiHat e a caixa, o prato de condução é uma peça fundamental no set-up, e que pode determinar a "onda" do que será tocado! Particularmente, eu gosto de ter rides de várias características! Mas existe um prato de condução que está comigo há mais de 15 anos, e já esteve comigo nas mais diversas situações musicais! O meu bom e velho Zildjian® K Custom Ride 20"! Alguns motivos são fundamentais para esse "casamento". Primeiramente, por ser um Zildjian®, e na minha opinião, um dos melhores rides já desenvolvidos na história! O segundo motivo, e talvez o que mostre a importância do prato de condução, é a "versatilidade"! Sim! Quando tocamos em vários cenários musicais diferentes, precisamos ter um ride versátil! Na verdade, até levando em consideração a situação econômica do nosso país, pois nem todo batera tem condições de ter mais de um ride. Inclusive essa era a minha realidade quando comprei esse prato. Falando mais da função musical do prato de condução, acho que o músico deve se preocupar com a "voz" do prato. Quando o ride for tocado, ele precisa "pintar" na música. A Zildjian® por sua vez, é rica em rides maravilhosos, e eu poderia citar alguns pratos de condução que podem dar um "Up" no play e na forma de olhar os rides. São eles: Além do K Custom Ride 20", temos o K Custom Hybrid Ride 21", Kerope Crash/Ride 22", A Avedis Ride 20"! Impossível o batera não ficar bem servido!

Jean Dolabella - Ego Kill Talent / Indireto

Na minha opinião, a escolha do set de pratos depende totalmente da direção que eu quero levar a música que vou tocar. Com o Sepultura por exemplo, o meu Ride era o A Series Mega Bell de 21", sendo que eu precisava daquela definição e projeção para aquele estilo de som. Já com o Ego Kill Talent, usamos o Ride com uma função de "crash ride" onde o ideal de som é bem "espalhado". Usamos muito o K Light Ride de 24" mas o preferido é o Sweet Ride de 23", que tem o volume na medida e soa muito macio.

Max Kolesne - Krisiun

No estilo que eu toco com o Krisiun, o "Blast Beat" é uma das batidas predominantes. É um ritmo rápido, onde caixa, bumbos e condução são tocados em altíssimas velocidades. Para que o "Blast beat" não soe "quadrado" ou mecânico demais, eu sempre tento imprimir o máximo de dinâmicas e acentos, para que desta forma o "Blast" soe mais natural possível, com groove, clareza e com minha identidade. E uma das partes mais importantes e fundamentais para que o "Blast beat" soe assim, natural e definido, é o Ride que uso. Meu Z Custom Mega Bell Ride de 21", soa alto e definido, cortando pelas frequências de som altíssimas da guitarra distorcida, baixo e bateria, mantendo a clareza e definição do ritmo. O Ride soa tão alto quanto qualquer instrumento, está sempre presente na música, alto, claro, definido e com aquele som maravilhoso que só a Zildjian® pode proporcionar.

Igor Willcox - Artista solo / Igor Willcox 4tet

Abaixo alguns dos Rides que uso, suas características e em que tipo de som eu uso:
K Custom Special Dry Ride 21" - É um prato de condução com uma característica um pouco mais seca, o som de ponta de baqueta fica muito definido, mesmo quando tocado uma condução mais rápida o som dele abre, mas nunca perde a definição. O som de cúpula é encorpado para um prato dry, eu adoro esse prato, uso muito para tocar Fusion, Funky, Jazz.
K Constantinople Renaissance 22" - Esse Ride é MARAVILHOSO! Para quem toca muito Jazz o som dele é perfeito, é um prato mais mole (flexível), som de condução definido quando tocado com a ponta da baqueta, tem uma abertura com harmônicos perfeitos. Uso para Jazz e Rock, pois além de Ride, tem um som poderosíssimo e encorpado como um crash de 22".
A Custom Ride 20" - esse o prato mais versátil do meu setup, uso muito para tocar pop e gravações desse gênero em geral. O som de ping e cúpula extremamente definido, é um prato com muito brilho.

A Zildjian® disponibiliza modelos de Rides indicados para todos os estilos musicais. Dos mais secos e com menos volume, aos mais agressivos com cúpula extremamente marcante, são várias opções para incluir em seu set-up de pratos, reproduzindo exatamente a música que você imagina, cria e executa.

Mais informações sobre toda linha de produtos disponíveis ao nosso mercado, visite o site oficial da Zildjian® no Brasil.

Esperamos você na Expomusic 2017, visite nosso estande na RUA B2 no Centro de Exposições do Anhembi. Clique no banner abaixo e saiba mais!

 
Prefira sempre produtos originais e importados legalmente, pois eles são a garantia de sua satisfação.
Clique aqui e saiba onde encontrar um equipamento 100% legal.

Últimas Notícias:

02/10/2017: A Zildjian® em contagem regressiva para a Expomusic 2017!

20/09/2017: Conheça os novos Kits da Zildjian® para: Rock, Country, Gospel e Worship.

05/09/2017: Conheça a nova série Zildjian® K Custom Special Dry!

23/08/2017: Saiba quais são os Rides preferidos dos artistas Zildjian® Brasil.

09/08/2017: Série Zildjian® L80 Low Volume - testado, aprovado e "reinventado"!

+ notícias