Notícias

A cronologia das gravações nos pratos produzidos por Avedis Zildjian.
28/04/2016

Na publicação da semana passada mostramos como identificar o seu Zildjian® através do número de série localizado nos pratos produzidos a partir de 1993. Hoje iremos um pouco mais a fundo na história, voltando ao passado e contando um pouco sobre a maneira artesanal de como esses pratos eram personalizados.

*E graças ao trabalho intenso de pesquisa feito por fãs assíduos e entusiastas da Zildjian®, foi possível chegar ao conteúdo dessa matéria extraído de um "guia catalogado" com o objetivo de identificar e autenticar a genuinidade de pratos tão antigos quanto preciosos, e que ainda são possíveis de serem "achados por aí", ou seja: verdadeiras relíquias da história da Zildjian®!

Todos os pratos produzidos por Avedis Zildjian tem seus respectivos nomes gravado diretamente neles. Entretanto, temos 2 poréms:

  1. Não há registro histórico oficial das marcações usadas pela Zildjian®;
  2. O processo de impressão não era muito preciso e existem variações entre as gravações. Então, é difícil determinar exatamente o período que certos "selos" foram usados. Sabemos que Avedis Zildjian iniciou sua produção em 1929 em Quincy, Massachuttes, EUA.

Este artigo foi elaborado como um guia para ajudar a estimar a idade do seu prato. Até então, não há nenhum livro de registros, então foram tiradas fotos de um acervo de pratos ao longo dos anos e organizadas em uma orde cronológica de acordo com as melhores fontes de pesquisa que se tem conhecimento. E se acaso esse artigo vier ajudar esclarecer ou mesmo, ainda assim incitar o surgimento de novas dúvidas, teremos o maior prazer em leva-las a diante para podermos investiga-las em busca de possíveis novas descobertas.

É possível encontrar pratos realmente muito antigos por aí... Nos anos trinta, os pratos mais populares produzidos pela Zildjian® mediam entre 8 e 14 polegadas, possuíam peso leve (Paper Thin) e eram extremamente flexíveis. Os bateristas também costumavam usar pratos em medidas menores, mas de peso mais generosos (Heavy). Nos anos quarenta, os bateristas de BePop cameçaram a procurar pratos de condução (Ride) com dimensões e sonoridade cada vez maiores. Os tamanhos dos pratos de condução (Ride) passaram a alcançar 30 polegadas e os chimbais (HiHat) de 16 polegadas começaram a surgir nessa época. O peso dos pratos começou a se intensificar de acordo com a popularidade que música ia atingindo. No final dos anos 50, pequenas gravações começaram a surgir, sendo estampadas mesmo que de maneira ainda bem peculiar, e informando os respectivos modelos, como: chimbais Swish, Pang ou Flanged, conduções Medium, etc. Algumas histórias relatam sobre lojas estamparem marcações nos pratos de acordo com a preferência e a pedido dos próprios clientes.

As primeiras 5 décadas que marcam a produção de Avedis Zildjian podem ser divididas em 6 fases como você verá à seguir. Essa é conhecida também como o período pré-marcação (Pre-Ink), isso antes dos meados dos anos 70, quando a Zildjian® finalmente iniciou o processo de serigrafia a tinta da logomarca na região central da parte inferior dos pratos.

Primeiro selo 1929-1939 por Avedis Zildjian:

Avedis de 12 1/4 de polegada, modelo Paper Thin (353 gramas) que acompanhava as baterias Leedy em 1937. Observe que a curvatura da letra "J" na palavra Zildjian®, não chega a completar o meio círculo na parte debaixo, como seriam vistos nos selos produzidos a seguir.

Splash Avedis de 8 polegadas, modelo Paper Thin. Este é um dos primeiros selos. É difícil ver nesta foto a inscrição de "Genuine Turkish Cymbals, Made In Usa", mas ela está lá, trata-se de uma logotipia completa.

Avedis de 12 3/4 de polegadas (456 gramas), modelo Paper Thin. Pratos feitos no período pré-guerra possuem a parte debaixo do "J" mais retas. Depois da segunda guerra, Avedis Zildjian começou a arredondar mais a parte debaixo do "J".

Caso muito raro de um erro de impressão. Esta foto foi enviada por e-mail, por um fã igualmente aficionado pela Zildjian®. Mais exemplos de erros no que se refere aos selos, como selos duplicados, e até mesmo repetição na duplicação (4 selos) podem ser encontrados nos fórums especializados pela internet.

Este selo tem a inscrição em árabe do período pré-guerra e "Made in USA" muito abaixo da localização convencional. Este logo Zildjian® é de um prato de 14 polegadas (1.038 gramas). Igualmente como os usados nos padrões atuais dos chimbais, mas também encontrado em um prato de Condução, talvez de 1941?

Selo de Transição 1939-1955 por Avedis Zildjian:

Este é o segundo tipo de selo da Zildjian®, também conhecido como o selo de transição. Estes selos eram impressos com mais força no lado de fora, a gravação do "Z" e do "Co" são mais profundas. Este logotipo era ligeiramente menor. A Zildjian® usou estes modelo de selo entre os anos 1940 e 50. Observe a ausência dos 3 pontos no logotipo árabe.

Grande Selo 1955-1963 por Avedis Zildjian:

Aqui nós temos o logo da Zildjian® em letras em bloco vazadas dos anos 50 usado nos pratos de condução de 21 polegadas Medium-Thin.

Aqui nós temos o logo da Zildjian® em letras em bloco vazadas dos anos 50 usado nos pratos de condução de 20 polegadas.

Selo dos anos 60:

Logo dos anos 1960 do prato superior de um chimbal de 13 polegadas.

Selo Fino dos anos 70:

Este selo foi encontrado em um prato Swish de 16 polegadas do início dos anos de 1970. Ele é chamado de "Selo Fino" por que a fonte da Zildjian® é tão fina quanto as outras letras. Os três pontos na inscrição árabe estão ausentes neste selo.

Aqui está outro "Selo Fino" da década de 1970, que está faltando os dizeres de "Made in USA"?

Outros selos por Avedis Zildjian:

Este selo pode ser encontrado nos pratos Avedis Zildjian em acabamento Brilhante produzidos em 1970 e 1980. A maioria deles são um pouco mais pesado e de acabamento brilhante.

Sobre o selo A. Zildjian & Cie:

No início de 1900, a Gretsch Co. distribuia diretamente os pratos Zildjian®, feitos por Sr. Kerope na Turquia e Sr. Aram na Romênia. Depois que Sr. Aram mudou para os EUA em 1928, ele e Avedis, fundaram a empresa "Avedis Zildjian®", a Gretsch passou a não usar mais o &Cie junto a logomarca de acordo com o pedido de Avedis, em 1958. O tribunal dos EUA cancelou o "A. Zildjian & Cie", marca da Constantinople, de propriedade de Fred Gretsch Mfg Co, mas levou mais alguns anos até que Avedis Zildjian pudesse realmente usar o selo nos pratos na década de 1970, como é usado atualmente nos dias de hoje.

O amplo selo impresso em tinta é encontrado em um catálogo da metade dos anos 70. A Zildjian® não datava seus catálogos até aquele momento.
Na foto: Armand e filho Rab Zildjian.

Aqui está um amplo selo impresso em tinta em um prato K. Zildjian® do anos 70, feito em Istambul, na Turquia. Alguém tentou polir, mas ainda visível.

* Fonte: Hidehitters.com.

Para mais informações sobre maneiras de identificar o seu Zildjian®, consulte também a sessão Guia-Z > Nº de Série, do site Zildjian®.

Saiba onde encontrar os modelos de pratos Zildjian®, consulte nossa lista de revendas oficiais Zildjian® e credenciadas pela Pride Music em todo o Brasil, escolha a mais próxima de você ou de sua predileção, e faça o seu test-drive!

Para mais informações sobre toda a linha de pratos e acessórios Zildjian® disponível ao nosso mercado, acesse o site oficial da Zildjian® no Brasil exclusivo em português.

 
Prefira sempre produtos originais e importados legalmente, pois eles são a garantia de sua satisfação.
Clique aqui e saiba onde encontrar um equipamento 100% legal.

Últimas Notícias:

27/04/2018: Zildjian K Sweet ganha o Prêmio MIPA 2018!

14/11/2017: Zildjian® Low Volume L80 nas escolas!

06/11/2017: Um especial Zildjian® celebrando os 100 anos de Buddy Rich!

18/10/2017: As novidades que a Zildjian® apresentou na Expomusic 2017!

02/10/2017: A Zildjian® em contagem regressiva para a Expomusic 2017!

+ notícias