Notícias

24 erros para serem evitados em sua carreira de Baterista!
31/07/2015

Não há nada tão desagradável como os erros... Mas ao menos fica o aprendizado como experiência.

OK!Mas já que o assunto são os erros, aqui estão alguns que os Artistas de nosso Cast cometeram durante suas carreiras. E para nós sabermos, ao menos serve como informação para que evitarmos cometermo-os durante a nossa...

Perguntamos a eles qual o maior erro que eles julgam ter cometidos e o que eles sentiram. Veja o que eles nos disseram:

1. Bernhard Schimpelsberger - Reino Unido, Independente
Eu não vejo a vida como erros. Tudo é uma experiência e ajuda a crescer. Algumas decisões que eu tomei de forma diferente da maneira que eu faria hoje, mas isso é só porque eu tenho mais experiência agora. Em geral, não tenha medo de ficar mal. Somente se movendo e não sendo pessimista ("cometer erros") que você realmente crescerá.

2. James Payne - Itália, Hour Of Penance
Escolher uma banda ao invés de outra apenas para os ganhos imediatos. Siga seu coração, o dinheiro será uma consequência.

3. Ben Gordon - Australia, Parkway Drive
Não ter começado a estudar bateria mais cedo. Não ter levado a sério quando eu era mais jovem. Não ter tocado com metrônomo desde o início.

4. Marito Marques - Portugal, Independente
É importante pesquisar e seguir as condições do clima quando você tem vários shows em seguida, para que você saiba e possa se prevenir. Eu tive duas turnês seguidas e fiquei preso em Arizona Islands devido a uma forte tempestade de ventos durante uma semana inteira. Eu perdi o primeiro show de uma turnê de dois meses na Polônia. Por sorte, um baterista foi capaz de cobrir esse show, mas foi frustrante e estressante ficar preso em uma ilha, e não ser capaz de pegar um vôo. Nós sempre aprendemos com nossos erros!

5. Barry van Zyl - África do Sul, Johnny Clegg
Não estar pronto e preparado para uma grande oportunidade quando essa surgir.

6. Joe Clegg - Reino Unido, Ellie Goulding
Quando eu pensava que eu estava pronto para ser um profissional... Mais tarde eu aprendi que você nunca está pronto, até o próximo passo E com muito mais ainda para aprender.

7. Rick Jupp - Reino Unido, Elbow
Não ter aprendido piano!

8 Antonio Sanchez - USA, Pat Metheny
Eu gostaria de ter começado a compor música mais cedo. Eu faço muito isso agora, mas eu levei um longo tempo para pegar o jeito por isso.

9. Lucas van Merwijk - Alemanha, Independente
Recusar uma oferta de turnê com Paul McCartney!

10. Gavin Harrison - Reino Unido, Porcupine Tree/King Crimson
Não praticar o suficiente.

11. Toni Mateos - Espanha, Independente
Contar com a memória de forma aleatória é bem importante. A Lei de Murphy existe. Se alguma coisa pode dar errado, isso vai dar errado!

12. Kent Slucher - EUA, Luke Bryan Band
Uma noite eu estorei no palco porque meu retorno in-ear ficou totalmente fora, foi uma atitude totalmente não profissional e desnecessária, eu estava reagindo ao momento, mas foi definitivamente da maneira mais errada. Isso já foi há alguns anos, mas eu ainda reflito a respeito disso de vez em quando.

13. Roberto Gualdi - Itália, Independente
Eu tive sorte o suficiente até agora. Talvez às vezes, alguns anos atrás, eu poderia ter sido um pouco menos rigoroso em minhas opiniões, mas tudo bem... Eu ainda estou vivo.

14. Jason Bittner - USA, Shadows Fall
Quando saí de um selo independente menor (Century Media) para assinar a com grande gravadora. Eu sei que é duro dizer, mas eu fiquei amargo por muitos anos porque isso causou a banda uma perda de fãs como se esses "abandonassem" um navio afundando, no caso o nosso navio. Perdemos o controle por alguns anos e acho que isso acabou prejudicando-nos no longo prazo.
Foi uma típica situação de bastidores "Behind The Music". A grande gravadora gostou da idéia de ter uma banda de thrash metal, mas não tinha idéia de como comercializar, ou avançar a nossa carreira, por isso a decisão foi diluir a nossa música; e a criação de um álbum que aparentemente foi um sucesso de crítica, mas não um disco para os fãs. Eu sinto que este foi o ponto onde as coisas "mudaram" para nós. Eu deixei isso me aborrecer por muito tempo, mas agora eu já aceitei. Eu apenas tento focar no futuro e não remoer o passado... Todos nós cometemos erros. Vivendo e aprendendo.

15. Mike Gaspar - Portugal, Moonspell
É algo difícil... Você aprende com seus erros e 20 anos depois você está arriscado a repetir um monte deles. É um grande desperdício quando se aprende tanto quando se é jovem, e ao mesmo tempo não consegue absorver o aprendizado por que está empenhado em agarrar e alcançar o sucesso. Em vez de apreciar e tirar proveito de um bom momento da banda, nós levamos as coisas para uma direção completamente diferente. Você aprende dessa maneira e conosco foi assim!

16. Tobias Derer - Alemanha, You Tuber - Ultimate Music Covers (UMC)
Não praticar diariamente.

17. Matt Greiner - USA, August Burns Red
Eu saí do andamento de uma música do meu retorno in-ear, em um festival no Reino Unido chamado Download e tivemos que parar de tocar e resumir a performance rapidamente antes que alguém percebesse.

18. Daniel Hanson - Austrália, Ball Park Music
Deixar cair uma baqueta em uma passagem rápida 7/8 e ter um monte de problemas até conseguir alcançar outra em meu bag de sobressalentes. Infelizmente não foi algo que eu tivesse me antecipado até isso acontecer...

19. Stephen Perkins - USA, Janes Addiction
Não ter colecionado mais pratos vintages da Zildjian®.

20. Gary Husband - Reino Unido, Independente
Eu teria tantos para listar aqui que dá até medo!

21. Steve White - Reino Unido, Independente/Trio Valore
Tudo acontece por uma razão, eu não tenho arrependimentos.

22. Brooks Wackerman - EUA, Bad Religion
Ter usado pratos Splash no Bad Religion.

23. Fredrik Larzon - Suécia, Millencolin
Sem arrependimentos. Alguns acidentes como uma vez um cotovelo quebrado, e em outra ocasião como um clavícula quebrada. Assistir a sua própria banda é algo muito frustrante, mas também um pouco interessante.

24. John Tempesta - USA, The Cult
Os erros são para você aprenda a ficar cada vez melhor.

* Matéria transcrita da sessão "Zildjian® Artist Buzz Roll", do Zildjian.com. O "Zildjian® Artist Buzz Roll" é um canal informativo oficial da Zildjian® com: conselhos, dicas, truques e material para entretenimento o qual coletamos com os artistas de nosso Cast mundo afora. A intenção é compartilhar experiências, fazendo com que a cada dia, bateristas se tornem melhores bateristas!

Para mais informações sobre toda a linha de pratos e acessórios Zildjian® disponível ao nosso mercado, acesse o site oficial da Zildjian® no Brasil exclusivo em português.

 
Prefira sempre produtos originais e importados legalmente, pois eles são a garantia de sua satisfação.
Clique aqui e saiba onde encontrar um equipamento 100% legal.

Últimas Notícias:

27/04/2018: Zildjian K Sweet ganha o Prêmio MIPA 2018!

14/11/2017: Zildjian® Low Volume L80 nas escolas!

06/11/2017: Um especial Zildjian® celebrando os 100 anos de Buddy Rich!

18/10/2017: As novidades que a Zildjian® apresentou na Expomusic 2017!

02/10/2017: A Zildjian® em contagem regressiva para a Expomusic 2017!

+ notícias