Artistas

Conheça os artistas brasileiros que usam Zildjian.

 

Athos Costa

 

Boka

 

Caio Cunha

 

Christiano Galvão

 

Cláudio Infante

 

Dinho Gonçalves

 

Dinho Leme

 

Duda Neves

 

Edu Vianna

 

Eduarda Henklein

 

Fabiano Manhas

 

Fred

 

Gabriel Azambuja

 

Gel Fernandes

 

Giba Favery

 

Guilherme Martin Cersosimo

 

Guto Goffi

 

Haroldo Ferretti

 

Igor Cavalera

 

Igor Willcox

 

Jean Dolabella

 

Jorge Gomes

 

Jorginho Gomes

 

Junior Vargas

 

Leo Rodriguez

 

Luis F. Capano

 

Marco da Costa

 

Max Kolesne

 

Pascoal Meirelles

 

Paulinho Fonseca

 

Pupillo

 

Rafael Barata

 

Ricardo Confessori

 

Robertinho Silva

 

Rubén Zúñiga

 

Sallaberry

 

Thiago Nogueira

 

Tito Oliveira

 

Williams Mello

 

Zé Eduardo Nazario

Ricardo Confessori

Nome Completo : Ricardo Confessori
Nascimento : 25 de janeiro de 1969
Influências: Ian Paice , John Bohan , Alex Van Hallen, Tommy Aldridge
Bandas : Led Zeppelin , Deep Purple , Ac/DC, Rush , Black Sabbath , Van Hallen , Iron Maiden , Ozzy Osbourne , Def Leppard , Pink Floyd

Ricardo Confessori iniciou sua vida musical estudando piano clássico durante quatro anos, mas depois de ouvir sons do Rush, Deep Purple, Led Zeppelin etc, Ricardo se decidiu pela bateria, aos 13 anos de idade. Desde então o musico nunca mais deixou de estudar e de estar em contato com seus instrumento o máximo de tempo possivel, dicas do próprio baterista quando perguntado sobre o assunto.

Ricardo fala com a propriedade de um dos grandes bateristas atuais, reconhecido mundialmente por diversos músicos e revistas especializadas em música e instrumentos musicais.

Seu primeiro trabalho como músico profissional foi na banda Garcia & Garcia. Gravou o álbum "Mr. Fire" em 1990. Este disco hoje em dia é uma reliquia para os colecionadores.

Depois da dissolução da banda, ingressou no grupo Korzus em 1992, onde permaneceu por um ano e meio. Durante esse período realizou uma série de shows e acabou por se desligar do grupo por divergências com a gravadora.

Imediatamente após sua saída, em 1993, recebeu o convite para assumir o posto de baterista do Angra, durante as gravações de "Angels Cry", a partir daí, Ricardo torna-se mundialmente conhecido. Não só por mesclar outros ritmos como salsa, merengue, baião etc. ao heavy metal, mas também pelo jeito singular de tocar, extremamente técnico, preciso mas sem esquecer do feeling e da versatilidade, que são a marca do musico até hoje.

No Angra, Ricardo gravou o antológico “Holy Land”, de 1996, um disco conceitual cheio de ritmos brasileiros que certamente é um marco na historia do rock pesado brasileiro.

Ainda com o Angra, o baterista gravou o álbum “Fireworks”, de 1998, que rendeu os singles “Rainy Nights” e “Lisbon”, o ao vivo “Holy Live” (1997), o disco “Freedom Call” (1996) e o EP “Evil Warning”(1994).

Em 2000, três músicos deixam o Angra, entre eles, Ricardo. A partir daí dois longos anos de espera até o lançamento do primeiro álbum do Shaman: "Ritual", distribuído em mais 15 países e um sucesso tão absoluto que ainda rendeu um CD/DVD ao vivo entitulado “Ritualive”(2003).

"Reason", segundo álbum da banda foi lançado em 2005 e a turnê passou por todas as regiões do Brasil e diversos países da América Latina.
Após um ano difícil e de muitas mudanças, o Shaman anuncia seu novo website e um novo álbum já gravado, com lançamento previsto para setembro de 2007.

Em 2007 estes novos integrantes juntamente com Ricardo Confessori gravaram o CD Immortal, lançado em setembro do mesmo ano.

Com a Immortal Tour, a nova formação do SHAMAN passou por quase todo o Brasil e parte da América Latina.

Em 2008 gravaram para um público de quase 20 mil pessoas, o novo DVD intitulado AnimeAlive, lançado em meados de 2009, celebrando a bem sucedida tour de divulgação do CD Immortal.

Também em 2009, o SHAMAN foi headliner do Masters of Rock, na República Tcheca, juntamente com a GOCMAN Orchestra, registrando um marco na história do Heavy Metal Brasileiro: O SHAMAN foi a primeira banda a se apresentar e gravar um DVD junto com uma orquestra.

Em 2009 Ricardo volta a integrar a banda que o introduziu ao meio, o Angra e grava o álbun “Aqua”, lançado em 2010. Sai em tour pelo Japão, China, Europa.

Para 2010, o SHAMAN vem com CD novo “Origins” , novos shows e muitas novidades.

A especialidade de Ricardo são os dois bumbos e o swing brasileiro unido ao metal. Também domina a arte do "turn " ou rodar as baquetas e tocar ao mesmo tempo.

Discografia
Garcia & Garcia: Mr. Fire (1991)
Angra: AngelsCry (1993); Holy Land (1996); Freedom Call (1996); Holy Live (1997); Fireworks (1998) e Aqua (2010).
Shaman: Ritual (2002); Ritualive (2002) ; Ritualive DVD (2003) ; Reason (2005); Immortal (2007) e Origins (2010)

Para mais informações visite o blog http://www.ricardoconfessori.blogspot.com/.